Carol Saraiva exibiu o corpo escultural para a campanha de biquínis Superhot. A sessão de fotos foi realizada em Cancun, no México.

Sucesso como modelo em diversos país4es, a gata já estampou várias revistas internacionais com sua beleza e corpo perfeito, sarado, porém sem exageros. Mas quem acredita que ela malha leve está enganado.

A musa fitness treina pesado e acredita que as mulheres posam treinar com a mesma carga e intensidade que os homens.

“Característica diferente sim, treinamento físico diferente não! Observando as principais características físicas de homens e mulheres é possível chegar à seguinte conclusão: Eles são diferentes. Mas isso não significa que seus treinos devam ser igualmente “muito” diferentes. Os treinos podem e em minha opinião devem ser parecidos, prescritos de acordo principalmente com as características individuais das pessoas que os executam independentemente de seu sexo”, afirma a beldade.

E para quem está com medo de ficar musculosa, Carol explica que devido à baixa quantidade de testosterona, a mulher não ficará igual um homem.

“Treinamento igual, resultados parecidos: Mas treinar igual não significa que os resultados serão os mesmos. Isto se deve principalmente à quantidade do hormônio Testosterona, presente no organismo das mulheres, que quando comparado aos dos homens é muito baixo. Logo, o treino aplicado a um grupo de mulheres trará os mesmos resultados que o mesmo treino aplicado a um grupo de homens com importâncias diferentes”, explica.

A modelo e empresária acredita que somente se a mulher utilizar hormônios masculinos (anabolizantes), conseguirá o mesmo resultado do homem. “Em situações naturais, mulheres que se exercitam regularmente não ficam com características físicas de homens. Por este motivo não há necessidade de deixar de realizar qualquer tipo de exercício, de qualquer modalidade ou ainda treinar somente membros inferiores e nunca os membros superiores por exemplo”, acredita ela que ainda dá dicas para evitar o excesso de músculos: “A dieta e os exercícios cardiovasculares vão ajudar a diminuir o diâmetro do braço também”.

Foto: Samuel Melim/ MF Models Assessoria

Via assessoria