Imagine a cena: você é morador de um pacato vilarejo no interior da Inglaterra e tem seu sossego interrompido pelos gemidos de 500 pessoas que se reuniram para transar. Pois foi exatamente isso que aconteceu em Flaxey, a 167 km de Londres, no último final de semana.

A aldeia tem apenas 30 moradores fixos, mas foi o palco do terceiro festival Swingfields (algo como “campos de swing”). Os praticantes do sexo grupal e da troca de casal chegaram sem avisar os habitantes locais e montaram suas barracas de orgia nos belos campos da região.

Sem avisar, adeptos do swing montaram tendas e barracas para a prática do sexo livre

Foi só quando um grupo de moradores foi pedir para os desinibidos abaixarem o volume da música é que eles descobriram do que se tratava aquele festival. “Quando vimos um cartaz com os dizeres ‘3 é o número mágico’, entendemos que aquele não seria um show de música como prevíamos”, contou um dos aldeões.

“O problema nem é o estilo do festival, afinal, as pessoas devem fazer o que quiser de suas vidas particulares”, constatou outro morador. “Mas o barulho estava intolerável! Foram 48 horas de inferno”, explicou. A localização do festival foi mantida em sigilo até dois dias antes de sua realização para não atrair um número ainda maior de adeptos do swing.

Música alta e gemidos intensos transformaram a calmaria da pequena Flaxey neste final de semana

E os swingers tomaram conta do vilarejo. Um morador relatou que se assustou ao encontrar um rapaz em seu terreno tentando penetrar no festival. Ele ligou para a polícia, mas o moço saiu correndo quando foi notado pelo morador.

O festival incluía, além de muito sexo, hidromassagens, saunas, piscinas, workshops e performances ao vivo. Ah, sem contar nas barraquinhas com os mais variados produtos eróticos para levar para casa ou usar ali mesmo no festival. Nos dois anos anteriores, o Swingfields aconteceu em Worcestershire, um pouco mais ao norte de onde foi realizada a terceira edição. Os organizadores garantem que o evento de 2016 já está no cronograma.

Terceira edição do Swingfields contou com o tradicional ônibus londrino de dois andares transformado em bar

Via Mega Curioso.