Na última quarta-feira (10), a revista americana Forbes divulgou a classificação dos atletas mais bem pagos do mundo. Para formar a lista, a publicação levou em consideração todos os ganhos de atletas ativos com salários, bonificações e patrocínios entre 1º de junho de 2014 e 1º de junho de 2015.

Assim como em 2014, Neymar é o único brasileiro que figurou no top 100 dos atletas mais bem pagos de 2015. Porém, o brasileiro caiu da 16ª posição para a 23ª, com rendimentos registrados de US$ 31 milhões (aproximadamente R$ 97,4 milhões), US$ 2,6 milhões a menos que no ano anterior. Na lista de atletas mais bem pagos até 25 anos, o atacante do Barcelona só perde para o meia do Real Madrid Gareth Bale.

Entre os 10 mais bem pagos, pouca coisa mudou. O tenista espanhol Rafael Nadal saiu do top 10, caindo da 9ª para a 22ª posição, e o jogador de futebol americano Matt Ryan, 10º lugar em 2014, não apareceu entre os 100 mais bem recompensados. Confira a relação dos 10 atletas mais bem pagos do mundo em 2015.

10. Kobe Bryant

Detentor do maior salário da NBA pelo quinto ano seguido, Bryant apareceu cinco posições abaixo da lista de 2014.

Esporte: Basquete
US$ 49,5 milhões (R$ 155,6 milhões)

9. Tiger Woods

Vencedor de 14 torneios Masters de Golfe ao longo da carreira, Woods teve a vida dificultada por lesões nos últimos dois anos. O último Major que levou foi o aberto dos Estados Unidos em 2008.

Esporte: Golfe
US$ 50,6 milhões (R$ 159 milhões)

8. Phil Mickelson

Com cinco torneios Masters no currículo, Phil é mais um atleta do golfe no top 10. De seus ganhos anuais, US$ 40 milhões (R$ 125,7 milhões) são originados de patrocínios e publicidade. Rolex, Exxon Mobil e KPMG são algumas das marcas parceiras de Mickelson.

Esporte: Golfe
US$ 50,8 milhões (R$ 159,7 milhões)

7. Kevin Durant

A próxima temporada é a última prevista no contrato de US$ 85 milhões (R$ 267,2 milhões) de Kevin Durant com a equipe do Oklahoma Thunder. O jogador detém o contrato de patrocínio mais caro entre atletas ativos atualmente, em um acordo que pode valer até US$ 300 milhões (R$ 943 milhões) com a empresa de artigos esportivos americana Nike.

Esporte: Basquete
US$ 54,1 milhões (R$ 170 milhões)

6. Lebron James

Em julho de 2014, James assinou um contrato de dois anos para voltar ao Cleveland Cavaliers depois de quatro temporadas no Miami Heats. Com valor mais baixo que o usual, US$ 42,1 milhões (R$ 132,3 milhões), o astro optou por um contrato de menor tempo, visando a negociação de US$ 24 bilhões (R$75,4 bilhões) da NBA com a TV, que entra em vigor em 2016 e vai ocasionar salários maiores que os atuais.

Esporte: Basquete
US$ 64,8 milhões (R$ 203,7 milhões)

5. Roger Federer

Após 17 anos como profissional, o suíço continua como um dos melhores atletas do mundo em seu esporte. Depois de um 2013 ruim com perda de posições no ranking da ATP, o ano de 2014 foi de redenção para Federer, que voltou a figurar entre os quatro melhores tenistas do planeta. Segundo colocado atualmente, Roger Federer é dono de diversos recordes da história do tênis e tem patrocinadores como Nike, Rolex e Credit Suisse.

Esporte: Tênis
US$ 67 milhões (R$ 210,6 milhões)

4. Lionel Messi

Único jogador de futebol eleito o melhor do mundo pela Fifa por quatro anos seguidos (2009-2012), o argentino foi garoto propaganda de várias marcas, entre elas a coreana Samsung. Em 2014, o Barcelona resolveu dar um aumento de US$ 9 milhões (R$ 28,3 milhões) anuais a Messi. Com a renovação, o atual segundo melhor do mundo passou a ganhar US$ 50 milhões (R$ 157,1 milhões) por ano em contrato válido até 2018.

Esporte: Futebol
US$ 73,8 milhões (R$ 232 milhões)

3. Cristiano Ronaldo

O português é o atual melhor jogador do mundo, eleito pela terceira vez, a segunda consecutiva, no início deste ano. Além do desempenho nos gramados e da boa aparência, o número de seguidores do jogador no Twitter e no Facebook fazem dele também o atleta mais popular do mundo nas redes sociais, o que atrai grandes patrocinadores. O atacante do Real Madrid ainda possui sua própria marca de roupas e calçados, a CR7.

Esporte: Futebol
US$ 79,6 milhões (R$ 250,2 milhões

2. Manny Pacquiao

Manny Pacquiao era o 11º colocado da lista de atletas mais bem pagos do mundo em 2014. Em 2015, o filipino se tornou o segundo mais bem pago somente com duas lutas das quais participou, sendo uma em novembro de 2014, contra Chris Algieri e outra em maio, contra Floyd Mayweather.

A luta do ano passado rendeu a Pacquiao US$ 23 milhões (R$ 72,3 milhões). Já a deste ano, chamada de “A Luta do Século” pela mídia (pelo desenrolar das negociações entre os envolvidos que adiaram o combate em cinco anos), pagou ao lutador a quantia de US$ 125 milhões (R$ 392,9 milhões).

Esporte: Boxe
US$ 160 milhões (R$ 502,9 milhões)

 1. Floyd Mayweather

Pela terceira vez, a segunda seguida, Floyd Mayweather é considerado o atleta mais bem pago do mundo. Desta vez, o americano não só ficou em primeiro na lista divulgada pela revista Forbes, como foi o atleta mais bem pago do mundo em um ano na história. O recorde anterior pertencia a Tiger Woods, que em 2008 ganhou US$ 115 milhões (R$ 361,5 milhões).

Assim como o segundo colocado, Manny Pacquiao, Mayweather teve a maior parte dos ganhos oriundos da luta ocorrida em maio, em Las Vegas. De acordo com estimativas feitas após a contagem dos proventos, o embate entre os dois atletas mais bem pagos do mundo gerou um lucro bruto superior a US$ 600 milhões, ou quase R$ 2 bilhões.

Esporte: Boxe
US$ 300 milhões (R$ 943 milhões)